terça-feira, 18 de setembro de 2018

TROPYKALIA 50

Movimento Nacional Nacionalista Tupiniquim nada S/A. Há 50 anos um grupo de artistas emergia do cenário independente para redefinir a música, a estética, o comportamento e o pensamento crítico brasileiro.
Ruptura, manifesto, expressão libertária, experimentação artística são alguns dos termos que estudiosos e analistas usam para tentar definir o indefinível, classificar o inclassificável.
Uma resposta clara à indústria cultural que importava música, estilos, referências e produtos simbólicos de fora do país em detrimento à produção local e ao fortalecimento da identidade e cultura próprias do Brasil.

A exposição coletiva de artes visuais TROPYKALIA 50 reúne 30 artistas para revisitar conceitos, forma e conteúdo deste movimento tão único do cenário nacional para revelarem seus olhares particulares, suas cores e impressões.
Ana Ismeria e Maysa Pettes estão representadas por seus trabalhos, nesse movimento, confira as fotos: